Três escolas em Macapá e uma em Santana elegem democraticamente seus diretores

Frente da Escola Augusto Antunes, em Santana
As escolas Deusolina Salles Farias, Azevedo Costa e Gonçalves Dias, em Macapá, e Augusto Antunes, em Santana, vão escolher no próximo dia 14 de junho, de forma democrática, os seus diretores para os próximos três anos. 

A eleição, que contará com a participação da comunidade escolar, será direta e o voto não é mais paritário, mas universal, com o mesmo peso para professores, funcionários, estudantes com mais de 16 anos e pais de alunos que ainda não têm idade para votar. 

O processo é coordenado pela Secretaria de Estado da Educação (Seed). O processo vai eleger diretor, diretor adjunto e secretário escolar nas quatro escolas. 

Apenas no colégio Deusolina Salles Farias não haverá votação direta, pois houve apenas um inscrito para cada cargo. No colégio, será feita uma assembleia geral para referendar, ou não, os candidatos inscritos. 

“É um momento muito importante na vida da comunidade escolar, pois esses gestores têm papel essencial no processo de administrar esses colégios, o que vai refletir na qualidade da educação ofertada aos alunos”, ponderou Aildo Oliveira, membro da Comissão Estadual dos Processos Eleitorais da Seed. 

Já nas escolas Azevedo Costa, Gonçalves Dias e Augusto Antunes, dois candidatos disputam os cargos de diretor e de adjunto. Para a secretaria, houve apenas um candidato inscrito em cada uma das três escolas. 

Os nomes serão referendados, ou não, nas urnas, onde o votante poderá confirmar o número do candidato, ou votar em branco, caso discorde. 

O mandato é de três anos e o diretor terá o trabalho avaliado constantemente pela comunidade e Conselho Escolar. O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) é parceiro da Seed no processo de eleição. Além de fornecer as urnas eletrônicas para a votação, técnicos do Tribunal Eleitoral também darão treinamento para os mesários. 

Na semana passada, alunos e comunidade escolar da Azevedo Costa puderam conhecer as propostas dos candidatos à equipe gestora do colégio. 

No dia 10, será feito um debate entre os candidatos da escola Augusto Antunes, em Santana, no período da manhã, enquanto que à tarde, no mesmo dia, só que em Macapá, os candidatos da escola Gonçalves Dias farão apresentações de suas propostas à comunidade. 

Requisitos
Para se candidatar, é preciso ter curso superior com licenciatura e compor o quadro da escola há pelo menos um ano. 

O candidato também teve que apresentar um plano de ação compatível com o projeto político pedagógico da escola e com as políticas educacionais da Secretaria de Educação.

Os atuais diretores também puderam ser candidatos à reeleição. Outro requisito necessário é que os candidatos participem de curso de gestão escolar específico em formação continuada, oferecido pela Seed. 

A gestão democrática propõe a criação do conselho escolar, do conselho de professores, do grêmio estudantil, da assembleia geral e da eleição do diretor. 

O projeto estabelece que estudantes, professores, funcionários e comunidade têm direito de participar da administração pedagógica e financeira da escola.

Comentários

Postagens mais visitadas