Reunião técnica discute mobilidade urbana em Santana

As primeiras diretrizes do Plano Municipal de Mobilidade Urbana de Santana, que vem sendo elaborado pelo Governo do Amapá e coordenado pela Secretarias de Desenvolvimento das Cidades (SDC), Secretaria de Estado de Transporte (Ssetrap) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AP), foram apresentadas ao prefeito Ofirney Sadala (PHS), durante reunião técnica realizada no gabinete da Setrap na última sexta-feira (02/06). 

O encontro aconteceu após um estudo do grupo para a elaboração e implementação do Sistema Binário, que tem como objetivo converter ruas de mão dupla em mão única, o que otimizará a mobilidade urbana em Santana. 

O trabalho em conjunto de integração é uma determinação do governador Waldez para a instituição do Plano de Mobilidade Urbana nos municípios. A criação de um plano municipal é exigida pela Lei Federal nº 12.587/12 para todos os municípios. 

Em Santana, as ações estão na fase de diagnóstico e têm acompanhamento do secretário adjunto das Cidades, Robson Rocha. O projeto avança ainda no diagnóstico das ciclovias e ciclo faixas. 

“Com esse trabalho estamos pensando uma Santana com acessibilidade, para que pedestres com ou sem necessidades especiais, bicicletas, automóveis, transporte coletivo, ambulância, todos tenham o seu espaço. O Governo do Estado quer promover os ajustes necessários para restabelecer o fluxo ideal, tendo como foco o bem-estar do cidadão”, disse Robson Rocha. 

Segundo o secretário adjunto, a ideia inicial é comtemplar as seguintes ruas: Everaldo Vasconcelos, Tancredo Neves, Deodoro da Fonseca, Euclides Rodrigues, Adalvaro Cavalcanti, Salvador Diniz e Costa e Silva. A mudança para mão única prevê as Avenidas Castelo Branco, Princesa Isabel, 7 de Setembro e Avenida das Nações. 

“A mobilidade urbana vai além do desafio técnico planejador, essa também é uma questão de economia, infraestrutura e qualidade de vida. O tema envolve uma série de direitos, principalmente o direito de ir e vir”. 

Este projeto de mobilidade vai contemplar ainda 25% de pavimentação de ruas e avenidas do município de Santana por meio da Setrap, além de demais trechos que não constam no plano no segundo semestre deste ano. 

O Detran se propõe, com o estudo binário, a implantação da sinalização semafórica no município.

Comentários

Postagens mais visitadas