Nova União: Prefeitura efetua estudo socioeconômico de área invadida por 60 famílias

A secretária municipal de Assistência Social e Cidadania, Diana Castelo, em companhia de uma equipe de servidores da Semasc, visitou na manhã desta terça-feira (13/06) os moradores de uma área pertencente à Prefeitura de Santana, localizada no bairro Nova União, e que foi invadida por eles em novembro do ano passado. 

Diana Castelo informou que a visita tem o objetivo de cadastrar e fazer um levantamento socioeconômico das 66 famílias que hoje ocupam o local. “Estamos verificando quem realmente se enquadra nos critérios exigidos pelos programas habitacionais, a fim de que essas famílias possam ser assentadas legalmente em alguma área do município, pois não há garantia de que esses moradores vão permanecer aqui”. 

Diana fez questão de enfatizar que o prefeito Ofirney Sadala está envidando todos os esforços para que as famílias sejam beneficiadas de alguma maneira. 

“Desde o final do ano passado temos dado assistência aos moradores, promovendo inclusive atividades que incluem alimentação, como sopão e feijoada”, disse a secretária. 

O coordenador de relações comunitárias da PMS, Nilson Chagas, destacou a preocupação em dar apoio humanitário para as pessoas que habitam o local. 

“O sopão comunitário e a feijoada comunitária são exemplos de que nós não abandonamos essas famílias. Estaremos com elas até que sejam acomodadas em um lugar seguro, onde possam viver com mais dignidade”, concluiu. 

A área tem cerca de 270 m² e pertence à Prefeitura do município. Na área já funciona uma Creche Municipal, que atende crianças da Educação Infantil. 

A secretária Diana Castelo informou que a Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) também já fez um estudo da área e um levantamento estatístico dos moradores, considerando que eles podem ser incluídos em algum programa de habitação.

Comentários

Postagens mais visitadas