segunda-feira, 27 de março de 2017

Secretária de Políticas para Mulheres se reúne em Santana e identifica prioridades

A Secretária Extraordinária de Políticas para Mulheres, Aline Gurgel, reuniu com a Rede de Atendimento a Mulheres (RAM) e vários movimentos da classe do município de Santana. 

A reunião ocorreu na Câmara Municipal do Município e garantiu um debate acirrado sobre o enfrentamento a violência contra as mulheres. 

Para Aline Gurgel, as reuniões com a classe são de extrema importância para a organização de políticas públicas. 

“A Secretaria está de portas abertas para todas as mulheres. Vamos correr atrás de toda a rede de atendimento para fazer um trabalho adequado e de qualidade”, disse Aline. 

Ela adiantou que será feito um calendário de ações e planejamentos estratégicos para o ano de 2017. 

“Vamos planejar com cada segmento, para que as ações tenham a luta de vocês e assim definir essas políticas públicas”, informou. 

A coordenadora de políticas públicas para as mulheres de Santana, Tina Sanches, agradeceu a presença da Secretaria no município e destacou a importância de que os projetos sejam concretizados. 

“Precisamos desse apoio do estado para que as políticas cheguem de fato à nossas santanenses. Tenho certeza que o planejamento será colocado em prática o mais breve possível”, afirmou.

Informações: Ascom/Governo do Amapá

Secretaria Municipal de Saúde esclarece sobre uso de carro oficial da PMS

O presidente da Comissão de Cadastro e Recadastramento dos Servidores Municipais, Abrahão Costa, informou nesta segunda-feira, 27/03, que o trabalho foi intenso durante o final se semana que passou, para que a atualização cadastral do funcionalismo público municipal começasse sem nenhum problema na Escola Estadual Barroso Tostes, no Centro de Santana. 

Essa primeira etapa do processo, que se estenderá até o dia 31 de março, será exclusiva para os servidores da Secretaria de Saúde. 

Para estruturar todo o processo que envolve a atualização cadastral dos seus servidores, a Prefeitura de Santana, contou, inicialmente, com o apoio da direção da escola Barroso Tostes, que cedeu as instalações do seu laboratório de informática, para abrigar os funcionários que estarão trabalhando no cadastro e recadastramento. 

Mesmo assim, a prefeitura teve que equipar o laboratório com mais mesas, cadeiras e materiais de expediente, que foram transportados por um veículo cedido no domingo (26), pela Secretaria de Saúde do Município (Semsa). 

Inclusive, esse mesmo veículo chegou a ser utilizado para o transporte do material de divulgação do processo, que foi confeccionado por uma empresa de publicidade, localizada na Rua Salvador Diniz, em frente à Casa Salem, no Centro da cidade, sendo que tudo que estava no seu interior pode ser encontrado no Laboratório de Informática da Escola Barroso Tostes. 

Ao abordar sobre o transporte de materiais e equipamentos no veículo da Secretaria de Saúde, o presidente da Comissão reforçou que se tratou de uma cessão temporária, em atendimento a uma solicitação da comissão. 

“É público e notório que a frota de veículos que atendia várias secretarias da prefeitura foi totalmente sucateada, só estando em funcionamento alguns automóveis da Secretaria de Saúde, isto porque a nova gestão se preocupou em recuperá-los, como foi o caso da pick-up utilizada no domingo pela comissão, o que não trouxe ônus para o município até porque até o combustível fomos nós que arcamos”, salientou Abrahão Costa. 

Ele finalizou ressaltando que o veículo da Semsa só é utilizado nos dias úteis, justamente por isso é que foi cedido para a Comissão.

Promotoria de Justiça de Santana realiza seminário internacional telepresencial

Almejando sempre o aperfeiçoamento nos seus serviços, o Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio do Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas da promotoria de Justiça de Santana, promoveu nos dias 23 e 24 de Março, como polo telepresencial à transmissão simultânea do Seminário Internacional de Justiça Restaurativa: diversos saberes dialogando para transformar realidades, realizado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. 

O curso, com inscrições gratuitas, foi destinado em sua ampla realização para magistrados, membros do MP, gestores e técnicos da educação, segurança e Justiça do nosso País.

Organizado pela Coordenadora do NMCPR, promotora de Justiça Silva Canela, com o auxílio da juíza de Direito do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), Larissa Noronha Antunes, o seminário contou com a participação de representantes das escolas capacitadas pelo Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas – curso de facilitadores de círculos restaurativos, além dos voluntários e funcionários do NMCPR e demais interessados de diversas áreas (secretárias municipais, IAMPEM, TJAP). 

Para a promotora de Justiça Silvia Canela, o curso é um momento de aprofundar e afiar as construções de Justiça Restaurativa. 

“Quero agradecer a presença de todos, parabenizar os envolvidos na realização desse curso; espero e acredito que esse foi um momento ímpar na construção e aperfeiçoamento da Justiça Restaurativa. Com a Justiça Restaurativa nosso alcance vai além da punição e reparação de danos, vamos construindo uma sociedade de paz”, finalizou. 

A transmissão do seminário, em tempo real, é uma iniciativa da Escola da Magistratura do TJ-SP, coordenado pelos juízes Egberto de Almeida Penido, Marcelo Nalesso Salmaso, Vanessa Aufiero da Rocha, Erna Hakvoort e Eliane Cristina Cinto, por meio da Coordenadoria da infância e da Juventude; com o consulado Geral do Canadá em São Paulo e com a Secretária da Justiça e da Defesa da Cidadania.

Informações da Ascom/MP

Divulgada imagens do suspeito que depredou caixas eletrônicos do BB

Foi divulgada na manhã desta segunda-feira (27/03), as imagens registradas pelo circuito interno da área de autoatendimento da agência do Banco do Brasil, localizada na Avenida Castelo Branco, em Santana, que mostram detalhes da ação feita contra diversos caixas eletrônicos daquela agência na noite do último sábado (25).

De acordo com as imagens, um homem aparentando ter cerca de 35 anos, teria procurado a agência bancária por volta das 23:20h daquele sábado. 

Como a agência já estava fechada (seguindo determinação Federal de encerrar o autoatendimento nos terminais eletrônicos às 22h diariamente), o homem não se conteve com a situação que encontrou, e decidiu levar para o lado violento: com uma pedra, quebrou o cadeado metálico da porta principal de entrada da agência bancária, seguindo depois para os terminais de autoatendimento.

Utilizando de mais outra pedra (de médio tamanho), o suspeito adentrou na área de atendimento eletrônico da agência e foi depredando vários terminais, numa ação que durou pouco mais 4min (quatro minutos).

Segundo informações, o suspeito aparentava possíveis sinais de embriaguez quando invadiu a agência, porém, poucos detalhes sobre sua identificação foram divulgadas.

Somente nessa segunda-feira (27) que profissionais estiveram fazendo a perícia física do local, e o fato foi encaminhado à Polícia Federal para investigar e localizar o suspeito.

Desde o final de semana, o blog tentou contato com a assessoria de comunicação do Banco do Brasil, situado em Macapá, mas ninguém quis ainda se manifestar sobre o assunto.

No domingo, carro oficial da PMS é visto carregando mesas de eventos na carroceria

Circulou neste domingo (26/03) pelas redes sociais, um registro fotográfico de um veículo que, segundo informações, pertence à frota de carros oficiais da Prefeitura Municipal de Santana (PMS). 

De acordo com relatos de internautas, o veículo de marca L-200 está vinculado à Secretaria Municipal de Saúde de Santana e trafegava normalmente por diversas ruas e avenidas do Centro da cidade, chegando a ser carregado (em sua carroceria) de mesas e cadeiras usadas constantemente em eventos festivos. 

“Essa L200, que deveria ser usada por agentes de endemias e de saúde, serve para uso privado de cargos comissionados nomeados no governo Ofirney Sadala, quando deveria ser usado na prevenção de epidemias tomam conta dos bairros de Santana”, desabafou um internauta, pelas redes sociais. 

O citado veículo foi adquirido no final de 2012 pelo município com recursos federais, com o objetivo de servir aos profissionais voltados à área de endemias, que prestam serviços em campo e auxiliam nas campanhas de combate á Dengue, malária e no Programa Saúde da Família (PSF) aplicado nos atendimentos residenciais. 

Em meados do mês de janeiro passado – com poucos dias após assumir o cargo majoritário da cidade – o prefeito Ofirney Sadala anunciou providências a serem tomadas nos departamentos e setores administrativos da Prefeitura, onde atos disciplinares seriam tomados caso fossem detectadas negligências e irregularidades durante o regular funcionamento do serviço público municipal. 

O blog tentou contato direto com o secretário municipal de Saúde Dr.º Alberto Negrão para tratar sobre o assunto, mas o titular da pasta da saúde municipal não foi localizado.

domingo, 26 de março de 2017

Na Ilha, Produtor de polpa de frutas aguarda por energia elétrica há 07 anos

Produtor apresenta documentos em reunião
Uma situação incansável que o produtor rural Raimundo dos Santos Martins, de 62 anos, vem enfrentando se alarga desde 2010 quando solicitou à Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) que fosse instalado o fornecimento de energia elétrica para o seu terreno, onde ali desenvolve o plantio de diversas árvores frutíferas e a consecutiva produção de polpas de frutas que são comercializadas na área urbana de Santana. 

O produtor (também conhecido na região como “Seu Banana”) esteve participando de uma reunião pública na manhã desse sábado (25/03), na comunidade da Ilha de Santana, coordenada pelo vereador Dr.º Fabiano (PR), que debateu a situação precária que a localidade vem atravessando com as constantes interrupções do fornecimento elétrico.

“Comprei esse terreno em 2010 e na época não tinha energia no local, então solicitei logo a instalação de uma rede para me atender, mas informaram que o meu ramal era atendido por uma rede que pertencia à Eletronorte, e até hoje nada foi feito por lá”, contou o produtor. 

Reunião ouviu reclamação de moradores
Para não ficar fora do padrão convencional dos consumidores, seu Raimundo ainda chegou a ser concedido por uma instalação provisória, mas que segundo o mesmo, não é suficiente para suportar a carga utilizada pelos aparelhos e equipamentos que possui.

“Como são várias plantações que tenho lá como coco, açaí, banana e até mandioca, as máquinas que irrigam o plantio não conseguem ser atendida com a pouca energia que chega lá”, disse o produtor, que chegou a contratar o serviço particular de terceiros para tentar garantir a sua produção, porém, foi orientado a aguardar pelo atendimento da concessionária elétrica. “Tenho um transformador de 10KVA que precisa ser instalado nessa rede e com certeza isso melhoraria a minha produção, pois, tenho medo demais de perder essas plantações por causa desse problema da energia”. 

Justiça
Cansado de esperar, Raimundo decidiu recorrer às esferas judiciais, levando o fato ao conhecimento da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, da Cidadania e do Consumidor da Comarca de Santana, que emitiu um parecer em 2014 obrigando a CEA a atender o pedido de seu Raimundo dos Santos, pelo fato do mesmo desenvolver importantes atividades de produção agrícola e alimentar, podendo sofrer sérios prejuízos se caso não fosse resolvido seu problema o quanto antes. 

“Mesmo com uma ordem judicial, nem a CEA e nem a Eletronorte ainda fizeram algo pela minha energia, e eu continuo lutando para instalarem essa rede nova”, reforçou o produtor, que recebeu a garantia do apoio parlamentar do vereador Dr.º Fabiano. 

“Vou acompanhar detalhadamente essa situação e buscar a solução que ele precisa, pois sabemos que não possível que algum motivo foi criado para deixarem que isso se prolongasse até hoje, mas garanto que uma resposta positiva será trazida”, adiantou o vereador. 

Legislação
Segundo a Resolução Normativa n.º 414 de 09/09/2010 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), estabelece as condições gerais de fornecimento de energia elétrica para todo o país, deixa dito que a efetivação de nova ligação de energia elétrica para consumidores da área rural é em até 05 dias. 

No caso do produtor rural Raimundo dos Santos, residente na Ilha de Santana, e possuir um projeto de eletrificação rural (que inclui posteamento e extensão de rede), o prazo se estende em até 45 dias para o início das obras, o que deveria ter sido concluído ainda no início de 2011. 

O blog tentou contato com a Assessoria de Comunicação da CEA, que informou que vai verificar a situação do produtor apenas na próxima semana.

sábado, 25 de março de 2017

Caixas Eletrônicos depredados: Agência do BB em Santana é interditada

Uma surpresa que o autônomo Marco Aurélio teve quando chegou na agência do Banco do Brasil de Santana no início da tarde deste sábado (25/03), localizada na Avenida Castelo Branco, no bairro Comercial da cidade.

Com um aviso estampado no vidro frontal do banco descrevia o possível motivo que outros clientes também não esperavam ver: Agência temporariamente interditada”. 

Com a porta de acesso trancada, era claro observar pelo vidro frontal que pelo menos seis (06) caixas eletrônicos da área interna da agência estavam com o visor de atendimento quebrados e alguns até com os teclados arrancados.

“E o pior que só temos dois terminais 24hs funcionando hoje na cidade, que estão com filas enormes, o que nos deixa sem saída para sacar dinheiro para alguma situação emergencial, é difícil assim”, lamentou o autônomo.

Informações colhidas pelas redes sociais relatam que testemunhas teriam avistado um grupo de suspeitos (na faixa etária entre 14 e 16 anos) nas proximidades da calçada de entrada da agência por volta das 4h da madrugada deste sábado (25), porém, não observaram barulhos que chamassem a atenção da vizinhança.

Eles estavam caminhando com garrafas na mão e ficaram um bom tempo sentado no canto da agência, mas não percebi se chegaram a entrar”, relatou uma pessoa, pelas redes sociais.

O blog tentou contato com a agência bancária, mas um funcionário (que preferiu não se identificar) não informou detalhes da situação, mas adiantou que uma perícia deverá ser feita no início da semana que vem, para assim ser liberado o atendimento novamente.