segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Pelos 19 anos de criação, 4º BPM é agraciado com culto ecumêmico

A Policia Militar do Estado do Amapá comemora, neste ano, 19 anos de criação do 4º Batalhão da Polícia Militar de Santana. 

Sediado no segundo maior município da cidade, foi atribuída à esta unidade a responsabilidade do policiamento ostensivo, através das modalidades: trânsito, rádio patrulhamento e policiamento de bases regionais fixas (como as existentes nos distritos rurais de Ilha de Santana e Anauerapucu), e hoje realiza também a modalidade de policiamento escolar no município. 

Como parte da programação alusiva à data, na manhã desta segunda-feira, 16/01, no Templo Central da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, em Santana, foi celebrado um culto ecumênico em ação de graças pela passagem de sua criação. 

Estiveram presentes diversas autoridades comunitárias e militares, entre eles, o Major PM Costa Júnior, Comandante em exercício do 4º BPM, o respeitado e conhecido Pastor Aroldo Vasconcelos (representando da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Santana), Tenente Antônio Luiz, representando os militares Evangélicos e o SGT João de Deus, representando a Capelania da Policia Militar e os militares católicos. 

Um momento de reflexão e edificação espiritual a todos os presentes, que contou com a palavra das principais lideranças presentes, que discursaram enfaticamente sobre o apoio Divino e colocando otimismo sobre os desafios enfrentados diariamente pela corporação local, atualmente composta de mais de 300 militares. 

DRPI - 4°BPM

sábado, 14 de janeiro de 2017

UBS Antônio Serieiro reativa atendimento em quatro especialidades

Por decisão do secretário de Saúde do Município de Santana, médico Alberto Negrão, atendendo determinação do prefeito Ofirney Sadala, a Unidade Básica de Saúde Antônio Serieiro, localizada no bairro Nova Brasília, voltou a funcionar esta semana com atendimentos em quatro (04) especialidades, que são: Clínica Geral, Ginecologia, Pediatria e Odontologia. 

De acordo com o administrador da UBS, Aguinaldo Miranda Costa, as consultas podem ser marcadas de segunda a sexta-feira, de acordo com o seguinte cronograma:b

Nas segundas-feiras, a UBS disponibiliza 40 consultas para clínica geral, com os atendimentos sendo realizados: 10 às segundas-feiras, 10 às terças-feiras, 10 às quartas-feiras e 10 às quintas-feiras; 

Nas terças-feiras são realizadas marcações de consultas para o pré-natal, num total de 20 vagas, sendo que os atendimentos acontecem também às terças-feiras, com 5 para cada enfermeira; 

Nas quartas-feiras há marcação de consultas para pediatra, num total de 40 vagas, sendo que as consultas são realizadas nas quartas-feiras (15 atendimentos), nas quintas-feiras (15 atendimentos) e nas sextas-feiras (10 atendimentos); 

Nas quintas-feiras, a UBS disponibiliza consultas para odontólogos, sendo: 20 extrações, 10 restaurações e 15 limpezas, com os atendimentos sendo feitos às segundas-feiras, terças-feiras, quartas-feiras e quintas-feiras; 

Nas sexta-feiras há marcação de consultas para ginecologista, com a UBS disponibilizando 30 vagas e com os atendimentos sendo realizados: 10 nas terças-feiras, 10 nas quartas-feiras e 10 nas quintas-feiras.

Ascom/Prefeitura de Santana

Ministro da saúde anuncia investimentos para Santana

Cumprindo uma agenda de trabalho na capital do Amapá, na manhã desta sexta-feira, 13/01, o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, reuniu, no auditório do SEBRAE, prefeitos, gestores de saúde e demais autoridades ligadas ao setor, para anunciar os investimentos que o Ministério da Saúde fará no Amapá em 2017, que totalizam R$ 48,3 milhões. 

Para o município de Santana, além das emendas de bancada cujo investimento será dividido em obras, compra de equipamentos, custeio de atendimentos básicos de média e alta complexidade, o Hospital Estadual de Santana, receberá R$ 999.600,00 para a atenção básica. 

“Santana receberá a mesma atenção que os demais municípios do Amapá. Faremos todo o esforço para que a qualidade da saúde de cada município seja a melhor possível”, resumiu o ministro Ricardo Barros. 

O prefeito de Santana Ofirney Sadala, que compôs o dispositivo de honra como convidado, agradeceu a presença do ministro Ricardo Barros e elogiou o empenho da bancada federal do Amapá, com a alocação de recursos para o segundo maior município do Estado. 

“A vinda do ministro já representa um grande avanço para a debilitada saúde de Santana até porque a gente passa a ter uma interação com o governo federal e, com isso, entender como se abrem as portas para que os recursos federais cheguem até ao nosso município. Quero agradecer também a nossa bancada federal com a presença de alguns parlamentares que já nos procuraram para se colocar a disposição da prefeitura. Sabemos que dos R$ 15 milhões de emenda, pelo menos R$ 7 milhões podem ser investido na área da saúde, isso é muito importante para nós que dependemos de recurso federal”, salientou o prefeito.

Ascom/Prefeitura de Santana

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Sem garantias: Salários atrasados do funcionalismo municipal de Santana é tratado em reunião sindical

Com a presença de centenas de trabalhadores do município de Santana – efetivos e ex-contratos administrativos do quadro público – ocorreu na manhã desta quinta-feira (12/01), na área interna do Sindicato dos Servidores Municipais (SSMS), uma reunião que tratou de diversos assuntos da administração pública, entre eles, a questão relacionada aos pagamentos atrasados desses trabalhadores, que variam de dois a cinco meses sem terem recebido seus vencimentos. 

Segundo o presidente do Sindicato, José Conceição, os últimos dois meses de 2016 (novembro e Dezembro), além do 13º salário, não foram devidamente quitados com os servidores efetivos. 

“Ainda tem os trabalhadores do contrato administrativo que ficaram vários meses (entre 2014 e 2016) sem receberem seus vencimentos, que já somam mais de cinco meses trabalhados”, continuou Conceição, que já tem cobrado diariamente uma resposta do poder Municipal sobre a questão. 

Acompanhando a mesma concordância de explicações, o professor Sérgio Guedes, que preside o Diretório Municipal do Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Estado do Amapá (Sinsepeap) em Santana, aproveitou para cobrar informações sobre um dos repasses federais. 

“Todos sabem que o dinheiro destinado do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) é exclusividade para a Educação do município e seria mais claro que soubéssemos o que foi feito com o último repasse”, questionou Guedes. 

Expectativas Alheias
O prefeito de Santana Ofirney Sadala, que esteve presente à reunião de assembleia sindical, acompanhado de sua equipe de governo, explanou as questões que estão impedindo a imediata normalização da situação salarial do funcionalismo municipal. 

“Recebi a prefeitura sem ter total conhecimento da situação dos repasses e dos valores públicos que existem em caixa, até por que dependemos de uma senha bancaria (esta confeccionada pelo Banco do Brasil), que ainda não nos foi fornecido pelo Banco Central, só assim tomaremos maiores detalhes da real situação financeira das contas da prefeitura”, informou Sadala. 

De acordo com o prefeito, ainda essa semana será possível tomar conhecimento da situação financeira do Executivo Municipal. 

“Logo que tivermos resolvido essa questão da senha financeira, abriremos as contas da prefeitura e comunicaremos sobre o pagamento dos servidores”, garantiu o prefeito. 

Porém, uma das expectativas colocadas pelos servidores presentes envolvia a quitação dos meses pendentes de 2016, o que acabou descartado pelo secretario municipal da Fazenda Kennedy Sadala. 

“Nossa prioridade é o pagamento do mês de Janeiro do funcionalismo municipal”, afirmou Kennedy, deixando os servidores presentes indignados com o anúncio feito, pois, muitos vêm aguardando confiantemente na palavra do prefeito Sadala, que garantiu a quitação dos vencimentos atrasados para esses servidores.

Taxistas de Santana poderão verificar taxímetro no próprio município

Fiscalização em taxímetros de veículos em Santana
O Instituto de Pesos e Medidas do Amapá (Ipem/AP) vai realizar em Santana, no próximo sábado,14/01, a verificação de taxímetros em 42 veículos. As prioridades são para as placas com terminações 1,2,3, e 4. 

Esses táxis são de proprietários que já efetuaram o pagamento da taxa de recolhimento no valor de R$ 51,96. A verificação vai acontecer no início da Avenida Santana a partir das 15h30. 

O município tem hoje em circulação 115 taxis legalizados. Os demais profissionais que não estão inclusos nesta primeira verificação, deverão na próxima semana emitirem o boleto. Após o pagamento, a equipe deverá retornar ao município. 

De acordo com Ronildo Nobre, coordenador técnico do Ipem no Amapá, a resolução do deslocamento da equipe para o município de Santana se deu, principalmente, em função de otimizar o tempo e a economia em não ter que se deslocar até a sede do Ipem, em Macapá. 

“Seria necessário que o taxista de Santana se deslocassem em média 4 vezes para a conclusão de todo o procedimento, com a medida, o profissional não terá esse custo. Será feito a vistoria com a colocação do selo e lacre, para posteriormente emitir a certificação que será entregue ao presidente do sindicato dos Taxistas de Santana, responsável pela entrega do documento aos proprietários dos veículos”, explicou. 

No mês de fevereiro, será a vez das terminações 5,6, e 7. No mês de março seguirá o trabalho com 8,9 e 0. A verificação é feita uma vez ao ano, na pista para testes na Rodovia Norte/Sul, zona Norte de Macapá. Desde o início dos trabalhos que se deu a partir do dia 2 de janeiro já foram verificados 400 veículos. 

A instituição alerta que a partir do mês de março será iniciada a fiscalização in loco, inclusive com aplicações de multas de acordo com as irregularidades constatadas

Fonte: Ascom/Governo do Amapá

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Após um mês, morre taxista envolvido em colisão com ônibus

Adonias era casado e tinha uma filha
Faleceu na manhã dessa quinta-feira (12/01), o taxista Adonias Ribeiro de Sousa, de 28 anos, que se envolveu em uma colisão com um ônibus da empresa Sião Thur, em dezembro de 2016. Adonias estava internado nas últimas semanas no Hospital das Clínicas Alberto Lima (HCAL), em Macapá. 

“Ele teve uma parada de terça pra quarta, e o médico dele disse que os pulmões e os rins já estavam querendo parar”, informou uma amiga da família do taxista, pelas redes sociais. 

Segundo amigos e colegas de trabalho, ações de pedágio chegaram a ser organizadas para custear no tratamento do taxista, devido seu estado de saúde ter se agravado com o tempo. 

O acidente envolvendo Adonias ocorreu por volta das 21hs do último dia 11 de dezembro, quando dirigia um táxi, marca Celta, no sentido Santana-Macapá, levando passageiros. 

Nas proximidades do Rotary Clube de Santana, o táxi teria tentado efetuar uma ultrapassagem, quando acabou colidindo com um ônibus da empresa Sião Thur, que vinha de retorno da capital. 

O impacto da batida foi tão grande que Adonias precisou ser levado para Pronto Socorro de Macapá. O motorista e cobrador que estavam no ônibus, ficaram ilesos. 

Durante a inspeção feita pelos agentes do Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) no veículo de Adonias, foi encontrada uma quantidade significativa de produtos entorpecentes, além de dinheiro e uma balança de precisão que, segundo informações, pertenciam aos passageiros que estavam na condução, e que evadiram-se do local momentos após a colisão

Casado, Adonias era pai de uma menina de seis anos. Familiares ainda não informaram oficialmente o endereço onde será realizado o velório do taxista.

Falta de energia na Zona Norte de Santana não foi programada, justificou CEA

Técnicos da CEA fazendo reparos na rede elétrica
A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) informou que a falta de energia que atingiu diversos bairros da Zona Norte do município de Santana na tarde da última terça-feira, 10/01, não tem qualquer envolvimento com o serviço de desligamento programado que foi anunciado pela Eletronorte para aquele mesmo dia, também no município de Santana. 

Segundo a CEA, a falta de energia que atingiu os seis bairros da Zona Norte de Santana – Fonte Nova, Paraíso, Mutirão, Fé em Deus, Parque das Laranjeiras e Jardim de Deus – foram causados pelo rompimento de um cabo de alta tensão na Rodovia Duca Serra, que foi atingido pelo arremesso de uma folha de telha que foi despregada do telhado da sede social do Rotary Club de Santana, já que na ocasião, estava chovendo de forma intensa sob a área urbana de Santana. 

“Técnicos da companhia farão inspeção no Alimentador para programar manutenções preventivas e assim reduzir os riscos de novos desligamentos”, informou a Assessoria de Comunicação da CEA ao blog, em referência ao Alimentador Paraíso, que atende à Zona Norte santanense. 

A interrupção inesperada deixou esses bairros por mais de duas horas sem o fornecimento convencional de energia elétrica, ficando em torno de 7.100 consumidores prejudicados.